Quinta-Feira | 6 de Outubro de 2016 | 13h22

Projeto do IPAM contra a violência sexual infantil já começou na capital paulista

O Projeto ‘EU TENHO VOZ’, lançado em setembro pelo Instituto Paulista de Magistrados (IPAM), com o objetivo de desenvolver diversas ações contra o abuso sexual de crianças e adolescentes, em escolas de ensino fundamental I e II, teve, na quarta-feira (05/10), sua primeira apresentação em escolas públicas da capital.

O evento aconteceu no auditório do CEU Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, às 10h da manhã.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A peça teatral "Marcas da infância", da Cia Narrar, foi apresentada às crianças e adolescentes a partir dos nove anos de idade.

 

A intenção é realizar o projeto de modo a disseminar o conhecimento contra o abuso e a exploração sexual, os quais são vítimas as crianças e adolescentes.  

Conforme dados da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, em 2015, por meio do Disque 100, foram realizados 324.892 atendimentos, sendo que 137.516 (42%) referiram-se a registro de denúncias de violações de direitos humanos. Destes, a maior parte das denúncias diz respeito às crianças e adolescentes. O serviço telefônico recebeu no ano passado 80.437 denúncias de abusos contra menores de idade. 

“A sociedade não pode conviver com a recorrente sensação de impunidade por parte de criminosos e as ações preventivas de conscientização dos pais devem ser permanentes, de forma a revelar o modus operandi dos que praticam crimes contra crianças”, defende a presidente do IPAM. 

 

 

 

Na apresentação, histórias teatralizadas, seguidas de debates entre professores, estudantes e os atores, além da presidente do Instituto, Juíza Hertha Helena de Oliveira e a conselheira juíza Viviane Nobrega Maldonado.

  

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.