Terça-Feira | 16 de Agosto de 2016 | 9h37

Renaud Lavillenie perde o espírito olímpico após derrota para Thiago Braz

Após perder o ouro para o brasileiro Thiago Braz no salto com vara, nas Olimpíadas do Rio, o francês Renaud Lavillenie ficou revoltado ontem à noite no estádio do Engenhão.

O francês Renaud Lavillenie | Foto: Reprodução
 

Ele comparou os brasileiros com os nazistas que vaiaram o atleta Jesse Owens, em 1936, na Alemanha.

Jesse Owens, em 1936, na Alemanha

 

Vale lembrar que as vaias na época foram políticas e raciais.

"Primeiro passa os 6,03 m e depois vem com esse papinho de quem não sabe perder. Espírito Olímpico é saber o seu limite e reconhecer quando o outro atleta é melhor do que você. Não foram as vaias que lhe derrubou antes de alcançar a marca. Se fosse, já teria batido esse recorde olímpico antes!"

Thiago Braz

Foto: Reprodução

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.