Quarta-Feira | 10 de Agosto de 2016 | 17h19

Música oficial para Jogos Olímpicos

Por Cau Marques 

 

Numa semana bem propícia para falar sobre isto, fiz uma breve pesquisa sem compromisso para me lembrar de algumas músicas marcantes em jogos olímpicos.
Tirando o fato de que a própria competição olímpica é um patrimônio da humanidade por existir originalmente desde 776 a.c e ter sido reesgatada por Pierre de Coubertin em Atenas 1896, todo “circo” armado em volta deste grandioso evento acaba por trazer fatos culturais e históricos para o mundo inteiro.
Após o atentado que matou inúmeros atletas de Israel na competição de 1972, o mundo parece ter se unido na vontade de fazer a Olimpíada subsequente em Montreal um evento ainda mais grandioso e envolvente e com isso foi pela primeira vez introduzido uma música tema para os jogos. https://youtu.be/f1pK_kpKf9c
A partir daí, tudo foi ficando cada vez mais parecido com um mega show. Os memoráveis painéis e talvez o mascote mais simpático até hoje, foram vistos em Moscou (1980), e talvez uma das músicas oficiais mais usadas em eventos esportivos desde então composto por John Williams “ Olympic Fanfarre and Theme” e que frequentemente é ofuscado pela também canção oficial interpretada por Whitney Houston, “One Moment in Time”. 
A música Carruagens de Fogo, é muitas vezes citadas como tema de Olimpíadas, mas ela é apenas a trilha sonora do Filme homônimo de extremo sucesso.
Passando do incrível show de Seul 1988, com músicas nada memoráveis por aqui, vamos direto para Barcelona 1992, com a irretocável dupla Freddie Mecury e Montserrat Caballé e a canção Barcelona, que não pode ser realizada em razão da morte de Freddie alguns meses antes da Olimpíada. Além desta, também a música “Amigos para Siempre”, composta para o encerramento dispensa comentários.
Talvez um dos Hits olímpicos mais executados seja o de Glória Stefan Reach 1996, comemorando o centenário da volta dos jogos na era moderna.
Apesar dos indiferentes temas cantados por Olívia Newton-John (Sidney-2000) e por Björk (Atenas-2004), Pequim teve novamente a participação da intérprete de Amigos para Siempre, Sarah Brightmann, para cantar a também desconhecida” You And Me”, em dueto com famoso Chinês da China.
Levando em conta que em 2012, na país dos Beatles, Stones, Led, Elton e tantas outras lendas da música, o tema ficou por conta da banda MUSE, que até acho bacana, mas acho que está bem longe do nível destes artistas britânicos lembrados duas linhas acima, o que esperar do Tema Brasileiro?
Eu realmente tenho fé que pelo custo absurdo a festa seja ótima, beirando a perfeição, mas acho que em vez de Caetano, Gil, Sergio Mendes, Roberto e outros ícones da nossa música, seremos fatalmente representados por alguns cantores contemporâneos que não nos representam também assim como o caso dos Britânicos.
Que seja marcante, que seja inesquecível e que estejamos falando bem sobre isso daqui mais vinte anos.
Que comecem os jogos! 
 

 

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.