Terça-Feira | 14 de Junho de 2016 | 11h49

Jantar dançante do Dia dos Namorados lota salões da Apamagis e ganha elogios dos associados

Foi um sucesso o tradicional jantar dançante alusivo ao Dia dos Namorados, evento de tradição promovido pela Apamagis, na noite de sexta-feira (10/6), nas dependências da sede social, segundo avaliação dos próprios participantes.

O jantar atraiu várias gerações de associados, que lotaram os salões da sede social.  O grupo musical Mari & Oscar animou a DSC_4882festa dos namorados, com um repertório de mais de 120 músicas previamente selecionadas, entre clássicos da MPB e hits internacionais de todas as épocas, com ênfase para as canções românticas. A festa, que começou às 20h30, se prolongou até o início da madrugada de sábado (11/6).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O presidente da Apamagis, Jayme de Oliveira, que teve uma semana intensa de viagens de trabalho, tratando de assuntos de importância para a Magistratura paulista, retornou a São Paulo a tempo de participar do jantar dançante, ao lado dos familiares. E disse ter ficado muito feliz com o sucesso desse tradicional evento da Associação.

O desembargador Fábio Poças Leitão compareceu ao jantar com a esposa. “Eu procurei o presidente Jayme para lhe dizer que a festa do Dia dos Namorados da Apamagis deste ano se revestiu de pleno êxito. Eu fiquei muito feliz de poder participar e de ter encontrado amigos da Magistratura que não via havia algum tempo. Esteve tudo ótimo na festa: a comida, a seleção musical eclética executada por profissionais de categoria. Fui cumprimentar Jayme de Oliveira pela organização desse evento”, afirmou Poças Leitão.

O jantar, comandado pela chef Débora Damin, foi bem variado, com couvert de patê de alcachofra, azeites aromatizados, entradas com variedades de queijos, geleias de frutas vermelhas, pesto de manjericão, canapés, verrine de coquetel de camarão e saladas mix. Havia dois tipos de pratos principais, um de medalhão de filé mignon ao molho de mostarda Dijon e ervas finas; o segundo com filé de robalo ao molho mediterrâneo, acompanhado de tomate cereja confitado, aspargo verde e minicenoura. A sobremesa consistiu em taça especial de ganache, chantili e frutas vermelhas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O juiz militar Paulo Adib Casseb, membro da Academia Paulista de Letras Jurídicas, disse que teve uma noite memorável. “Tudo estava ótimo: música, jantar e ambiente acolhedor. Procurei o Jayme de Oliveira, na festa, para lhe dizer isso. Aliás, tudo o que o Jayme comanda só pode resultar em sucesso”, afirmou o juiz Casseb. “Eu não perco nenhum evento da Apamagis.”

O desembargador aposentado Ciro Pinheiro e Campos também disse ter apreciado muito a festa da Apamagis. “O conjunto todo estava impecável. Mas apreciei, em particular, a seleção musical apresentada durante todo o evento, muito agradável e de qualidade. Saí da festa só de madrugada. Falei para o presidente Jayme que esse evento foi um sucesso”, declarou.

O também desembargador Milton Gordo afirmou que o jantar foi oportunidade para reencontrar antigos amigos da magistratura. “Adorei ter ido, e quero sempre participar desses eventos”, disse o magistrado.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.