Sexta-Feira | 29 de Abril de 2016 | 18h29

AGRISHOW 2016

AGRISHOW 2016: MAIS DE 91% DA COLHEITA DE CANA FOI REALIZADA SEM EMISSÃO DE POLUENTES

legenda
créditos

Nesta quinta-feira (28/04), ainda acontece às 18h00, o lançamento da vitrine tecnológica sustentável, promovido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

 

O balanço do Protocolo Agroambiental do Setor Sucroenergético mostra que 91,3% da colheita de cana-de-açúcar das usinas e fornecedores de cana signatário foi realizada sem o emprego do fogo, através da colheita mecanizada. O dado refere-se a safra 2015/2016 e foi divulgado pela Secretária do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Patrícia Iglecias, em coletiva de imprensa, realizada nesta quinta-feira (28/04), na Agrishow 2016 - 23ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, que vai até sexta-feira (29/04), em Ribeirão Preto.

 

O balanço do Protocolo Agroambiental do Setor Sucroenergético, de abrangência estadual, define metas, como a antecipação do prazo para a eliminação da queima da palha da cana, proteção de nascentes e matas ciliares, e a redução de consumo de água na etapa industrial. Sobre a água, a secretária disse que o gasto médio de água no processamento industrial da cana entre 2010 e 2015 apresentou queda de 33% no consumo, atingindo o patamar estabelecido pelo Zoneamento Agroambiental na maioria das regiões do estado. “Também estimamos que cerca de 8,65 milhões de toneladas de gases de efeito estufa deixaram de ser emitidas no Estado”, disse.

 

A pesquisa apontou que na safra 2015/2016, 133 unidades agroindustriais e 24 associações, que representam 5.485 fornecedores, obtiveram Certificado Etanol Verde. A área total compromissada com as boas práticas agroambientais do protocolo pelas usinas e fornecedores de variedades signatários totaliza 5.405.772 hectares, que representam 26,3% da área agricultável do estado. As usinas que integram o Protocolo Agroambiental são responsáveis pela produção de 44% do etanol brasileiro e 92% do paulista.

 

Outro benefício do acordo é que a energia elétrica produzida a partir do bagaço e da palha da cana-de-açúcar pelas usinas na safra 2015/2016 totalizou mais de 18.100 GWh. “Desse total, cerca de 10.170 GWh foram exportados para a rede elétrica, o que equivale a 26% do consumo residencial paulista em um ano, que é de 39.450”, explicou Patrícia.

 

Para a secretária do Meio-Ambiente, a proteção e a preservação das nascentes e matas ciliares também tiveram ganhos com o compromisso assumido usinas. “Cerca de 258.773 hectares de matas ciliares e mais de 8.400 nascentes estão no acordo de proteção e restauração, prestando serviços ambientais importantes para São Paulo”, afirmou.

 

Agrishow 2016 é uma iniciativa das principais entidades do agronegócio no país: Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Abimaq– Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos, Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Faesp – Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo e SRB - Sociedade Rural Brasileira, e é organizado pela Informa Exhibitions, integrante do Grupo Informa, um dos maiores promotores de feiras, conferências e treinamento do mundo com capital aberto.

 

 

COLETIVA NA AGRISHOW 2016: SÃO PAULO SE PREPARA PARA A EVOLUÇÃO DO PROGRAMA DE VACINAÇÃO DA FEBRE AFTOSA


Novas ações começam a ser desenvolvidas no estado de São Paulo pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, com o apoio e participação dos criadores em busca do reconhecimento do status de Estado livre da febre aftosa sem vacinação até 2020 junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e abastecimento e à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), que certifica a eficiência do sistema de defesa agropecuária conforme plano hemisférico estabelecido pelo Centro Pan-Americano de Febre Aftosa (Panaftosa).


As medidas serão anunciadas, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 29 de abril de 2016, na Agrishow 2016, pelo secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, e pelo titular da Coordenadoria de Defesa Agropecuária, Fernando Gomes Buchala, e visam o reconhecimento de áreas de rico de ocorrência e a intensificação de ações visando a mitigação dos riscos conhecidos.

 

 

SEMINÁRIO ACCELERAGRO NA AGRISHOW 2016 APROXIMA INSTITUTOS DE PESQUISAS DO MUNDO EMPRESARIAL

 

 Com a presença de 15 palestrantes das principais instituições de pesquisas ligadas ao agronegócio, está sendo realizado nesta quinta-feira (28), na Agrishow 2016, o 1º Seminário Internacional Acceleragro de Inovação no Agronegócio. “O objetivo do Acceleragro é aproximar a pesquisa científica e tecnológica feita nas diversas instituições de pesquisa, como o Instituto Agronômico e institutos de ensino como a Unicamp, do setor de produção, de forma a demonstrar o uso dos recursos públicos na obtenção de inovação”, informou o diretor-geral do Instituto Agronômico IAC, Sérgio Carbonell.

 

Entre os palestrantes há o relato de exemplos de sucesso de como se deu a transferência de tecnologia do mundo acadêmico até o uso prático da inovação. “Como esse estreitamento da relação é relativamente novo, o que pretendemos, na verdade e, além de apresentar os exemplos de sucesso, motivar o meio para fomentar cada vez mais essa interação, de maneira a mudar nossa forma de atuação, repassando novas tecnologias de uso prático para o mundo exterior”, observa o pesquisador. O seminário tem o apoio da Anda – Associação Nacional para Difusão de Adubos, Sociedade Rural Brasileira, Abag – Associação Brasileira do Agronegócio, Faesp – Federação da Agricultura do Estado de São Paulo e da Abimaq – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos.

 

 

LANÇAMENTOS E NOVIDADES

 

Case Construction Equipment: Tecnologia para precisão – Acoplado a motoniveladoras, escavadeiras hidráulicas e tratores de esteiras, o Site Control é um opcional capaz de determinar a profundidade ideal para o corte de terreno, o melhor ângulo de ataque da caçamba para a remoção de material em obras de terraplanagem, preparo da área e curva-de-nível. A tecnologia pode ser conferida, implantada em uma motoniveladora 865B, no estande da marca na Agrishow 2016. As principais vantagens da utilização do SiteControl estão na eficiência e na qualidade do serviço executado. Dependendo do tipo de obra a ser executada, pode haver um aumento de produtividade de até 60%.

 

Dayco: Lançamento da linha agrícola – A Dayco está lançado sua linha de produtos agrícolas na Agrishow 2016. Projetadas para aplicação e exigências específicas, com desempenho comprovado em laboratórios e no campo, as correias Dayco Agri são desenvolvidas com certificação ISO 9001 e materiais de alta tecnologia. Os produtos possuem como características adicionais: composto resistente a altas temperaturas; cordonel resistente ao alongamento; processo de construção de múltiplas camadas, com fibras orientadas dando suporte aos cordoneis; tratamento químico especial que assegura melhor adesão entre seus componentes. A empresa vem realizando constantes investimentos no Brasil e já estuda a instalação de uma unidade fabril no país, nos próximos 3 anos.

 

Valtra: Nova colhedora de cana - A Valtra aposta na estratégia de consolidação de mercado para seu recente lançamento, a colhedora BE 1035e, e apresenta uma série de novidades. O Fuse Connected Services é um programa de acompanhamento de desempenho que permite ao produtor aumentar o rendimento e a eficiência de suas máquinas no campo. Aliado ao sistema de telemetria AgCommand, é possível monitorar em tempo real o desempenho das máquinas no campo. Pela primeira vez no Brasil, os tratores da Série N, além do design inovador, oferecem mais versatilidade, robustez, tecnologia, eficiência no consumo de combustível e baixo custo de reparo e manutenção. Além disso, os pulverizadores Challenger Rogator 1300 Spinner e Terragator 8300 Airmax estão disponíveis para a compra no Brasil a partir desta edição da feira.

 

Mais informações:

AGRISHOW 2016 – 23ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação

Data: 25 a 29 de abril de 2016

Local: Rodovia  Antônio  Duarte  Nogueira, Km 321 - Ribeirão Preto (SP)

Horário: das 8h às 18h

www.agrishow.com.br

 

Sobre a Informa Exhibitions

A Informa Exhibitions acredita que eventos são plataformas de conhecimento e de relacionamento, que auxiliam a impulsionar a economia brasileira. A empresa é filial do Informa Group, maior organizador de eventos, conferências e treinamentos do mundo, com capital aberto e papéis negociados na bolsa de Londres. Dentre os eventos realizados pela Informa Exhibitions no Brasil estão: Agrishow, Fispal Tecnologia, Fispal Food Service, ForMóbile, FutureCom, ABF Franchising Expo, Serigrafia SIGN e Feimec, num total de 24 feiras setoriais. A Informa Exhibitions possui escritórios em São Paulo (sede) e Curitiba, com cerca de 200 profissionais.  Nos últimos quatro anos, a empresa investiu cerca de R$ 400 milhões no Brasil em aquisições de eventos e marcas, o que levou a decisão estratégica de alterar o nome da empresa no Brasil de BTS Informa para Informa Exhibitions.

Para mais informações, acesse: www.informaexhibitions.com.br

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.