Colunistas - André Garcia

Deputados de São Paulo afirmam por lei: todos os motociclistas são bandidos

18 de Dezembro de 2015

"todos os motociclistas são bandidos!"

 

Projeto de Lei para proibir garupa e uso de colete e capacete com placa da moto vai para sanção do Governador Geraldo Alckmin.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Segundo deputados eu e meu filho na foto somos bandidos em potencial.

Mais uma vez o Deputado Estadual Jooji Hato (PMDB/SP) e seus pares da Assembleia Legislativa de São Paulo, especialmente os ilustres Deputados André Soares (DEM/SP) – Relator do Projeto de Lei na Comissão de Constituição e Justiça, Cezinha Madureira (DEM/SP) -  Relator do Projeto de Lei na Comissão de Finanças, Orçamentos e Planejamento e Comissão de Segurança Pública criaram uma pérola legislativa com aprovação das lideranças partidárias, ou seja, não teve discussão.

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou Projeto de lei sob nº 71/2013 que proíbe garupas em motocicletas nos dias úteis da semana em horários determinados e também obriga o uso de capacetes e coletes com o número da placa da motocicleta afixado na parte de trás, em cor fluorescente.

Se sancionada pelo governador Geraldo Alckmin, a medida passará a vigorar nos municípios do Estado com população superior a um milhão de habitantes.

O descumprimento da lei pode acarretar multa no valor de R$ 130 a cada infração cometida. 

É o dinheiro do contribuinte sendo desperdiçado com questões que não resolverão as mazelas da sociedade, é o famoso “vamos culpar alguém”.

Passamos por uma crise de ética, valor e moral sem precedentes no Brasil com questões de corrupção que, literalmente, quebrou o país por culpa, exclusiva, de políticos que só pensam em si, no seu bolso e tem os maiores salários da República.

Seria correto, diante das notícias vinculadas diariamente de corrupção, afirmar que todos os políticos são corruptos?

 

Digo mais, seria correto todo político ter em seu corpo a letra “c” de corrupto gravado em sua testa, a ferro quente como se faz com gado, como acontecia na Europa na idade média com as mulheres adulteras?

 

Como cidadão não aceito ser nivelado por baixo com bandido!

 

Ou os nobres deputados acreditas que bandido vai cumprir a famígera lei, se promulgada?

 

Bandido cumpre a lei de desarmamento?

 

Como ficam os cidadãos quem tem mais de uma motocicleta? Não posso mais levar meu filho na escola de moto?

 

Talvez o nobre deputado devesse propor um projeto de lei para reduzir os benefícios dos Deputados, Secretários e do Governador do Estado de São Paulo para algo em torno de R$ 60 mil ao ano/cada, ficando assim, nos níveis de países como França, Itália e Portugal e com toda a diferença de dinheiro público, mais de R$ 30 bilhões de reais, “numa continha de cabeça”, investir em segurança pública descente e em educação.

 

Tal medida, se promulgada, será a confissão do Governador perante a sociedade quanto a sua incompetência na política de segurança pública.

 

Quem sabe o dia que um professor e um policial ganharem como um deputado estadual, os problemas de educação e segurança pública sejam resolvidas no Estado de São Paulo.

.

Sim porque professor e policial estão nas pontas opostas da corda: quando falha a educação, morre a cidadania e nasce a marginalidade.

 

Em relação aos acidentes envolvendo motocicleta, já os apontei diversas vezes como da  falta fiscalização e planejamento urbano: película escura utilizada nos veículos, motorista falando ao celular, falta de sinalização na mudança de faixa por parte dos veículos de 4 ou mais rodas, velocidade incompatível do motociclista no corredor, estreitamento das faixas de rolamento (vide av. 23 de Maio que em 2006 quando criado a 5ª faixa de rolamento diminuindo a largura de 3,50 metros para 2,60 metros, passando a ter acidentes com motocicleta). É uma questão de trabalhar!

 

Que Deus ilumine a cabeça do Sr. Governador Geraldo Alckimin, porque dos deputados o diabo já tomou conta.

 

André Garcia é motociclista, advogado especialista em Gestão e Direito de Trânsito, colunista na imprensa especializada de duas rodas, idealizador do Projeto Motociclismo com Segurança que busca aculturar a sociedade em segurança viária por meio de palestras e aulas de pilotagem, laureado com o Prêmio ABRACICLO de Jornalismo em 2008 – Destaque em Internet e 2013 – Vencedor na categoria Revista com matérias de segurança viária e homenageado na Câmara Municipal de São Paulo pelo Dia Internacional do Motociclista em agosto de 2013 com o Troféu “Marco da Paz” por sua atuação no trabalho de ação social e pela construção da cultura de paz no mundo. andregarcia@motosafe.com.br

 

Comentários
Assista ao vídeo