Sexta-Feira | 27 de Novembro de 2015 | 12h19

FAESP e Estadão promovem Summit Agronegócio 2015 em SP

Foi realizado nesta quinta-feira (26/11), no hotel Grand Hyatt, em São Paulo, o Summit Agronegócio Brasil 2015. O evento, realizado em parceria da FAESP - Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo e SENAR – AR/SP – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural, juntamente com o jornal Estadão, recebeu a presença de várias autoridades, grandes agropecuaristas e empresários do setor, além de economistas e pessoas ligadas ao ramo do agronegócio para debaterem o futuro do setor no Brasil e no mundo.

Logo em sua abertura, o presidente da FAESP, Fábio Meirelles, falou da importância de conversar tal assunto e reunir grandes nomes. “Nosso objetivo é discutir as grandes questões do setor e, ao mesmo tempo, apontar cenários prospectivos para dinamizar o crescimento do agronegócio brasileiro. Para isso, reunimos nomes de expressão internacional para debater o papel do Brasil na produção mundial de alimentos, os desafios de nossa logística, a importância decisiva da tecnologia e a relação entre o campo e a indústria nas cadeias de produção”, destacou.

Fábio Meirelles durante seu pronunciamento no evento
Foto: Sérgio Masson

Meirelles ainda ressaltou a força do setor na economia do País. “O Agronegócio é um dos grandes alicerces do Brasil, representa cerca de 23% do PIB, 42% das exportações, gera superávit de 80 bilhões de dólares, abastece mais de 200 milhões de brasileiros, além de garantir empregos e renda para 1/3 da população”.

Quem também esteve presente foi o Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin. Durante seu pronunciamento, ele destacou a importância da logística, explicando que o transporte do aeroporto de Cumbica até o porto de Santos não precisará mais passar por São Paulo em pouco tempo. “Queremos evitar que os caminhões precisem entrar na cidade de São Paulo. Além disso, estamos trabalhando muito no Ferroanel e nas Dutovias. E esperamos que no máximo em 90 dias possamos voltar a operar com a Hidrovia Tietê-Paraná”.

Godi Júnior entrevistando o governador Geraldo Alckmin
Foto: Sérgio Masson

O Diretor-Presidente do Grupo Estado, Francisco Mesquita Neto, abordou que o veículo de imprensa há anos traz em destaque o setor do agronegócio em seu Suplemento Agrícola e que agora acabam de inserir o setor em seu Broadcast, para que os profissionais ligados ao agronegócio possam acompanhar em tempo real e de qualquer lugar as principais notícias e índices mundiais. “O objetivo é dar mais agilidade e ferramentas para quem trabalha na área”, ressaltou Mesquita.

Autoridades presentes no Summit Agronegócio 2015
Foto: Sérgio Masson

Homenagens durante evento

Recentemente, Fábio Meirelles recebeu o troféu Iris Meimberg, em nome de sua atuação como um líder do agronegócio estadual e nacional. Como retribuição, dessa vez foi o próprio Fábio Meirelles que aproveitou a ocasião para fazer uma homenagem ao saudoso Iris Meimberg, um importante líder e um homem que marcou a história do setor agropecuário brasileiro. Em seu nome, seu filho Francisco José Meinberg recebeu o troféu “Oscar Thompson Filho”.

Além de Iris Meimberg, outro que também foi homenageado durante o evento com o troféu foi Luís Fernando Cirne Lima, ex-ministro de agricultura e fundador da Embrapa.

Os filhos de Oscar Thompson Filho, Luiz Whately Thompson e Mario Whately Thompson estiveram presentes para prestigiar as homenagens.

O evento

Após a abertura oficial, os debates foram divididos da seguinte forma. Painel 01 com o tema: “Brasil: Celeiro do Mundo” foi moderado por José Vicente Caixeta Filha, professor da ESALQ/USP, e contou com a presença de Alan Bojanic, representante da FAO no Brasil, Raul Padilha, Presidente e CEO Bunge Brasil, e o economista chefe da Bolsa de Chicaco (CME), Blu Putnam, este último gravou um vídeo que foi exibido durante o debate.

O painel 02 abordou como assunto: “Desafios da Logística”, como criar modelos mais eficientes de transporte de safra dentro e fora do País. Como moderador teve Iuri Pitta, já os palestrantes foram: Rubens Ometto, presidente do conselho da Cosan; Fernando Antônio Simôes, Diretor-Presidente da JSL Logística; Carlos Fávaro, Vice Governador de Mato Grosso; Marcos Lutz, CEO Cosan.

Como o tema: “A Tecnologia no Campo”, o painel 03 foi moderado por José Luiz Tejon e contou com os seguintes palestrantes: Robi Stark, CEO Sensilize Israel; Silvio Crestana, Embrapa; Rafael Villarroel, diretor de negócios Brasil da Bayer Crospicience; Paulo Herrmann, Presidente da John Deere Brasil; e Ivair Gontijo, engenheiro de sistema do JPL/Nasa.

Para finalizar o quinto e último painel trouxe como destaque o “Campo e Indústria”, novos cenários para a coordenação entre agricultura e agroindústria. O tema foi moderado por José Paulo Kupfer e teve como palestrantes: Luiz Stábile, Diretor de Agropecuária da BRF; Décio Zylbersztajn, professor da USP; e Gustavo Grobocopatel, Presidente do Grupo Los Grobo.

comentar

últimos comentarios

Seja o primeiro a comentar, complete o formulário ao lado e dê sua opinião.